jump to navigation

É muito chão! 04/01/2009

Posted by Thiéres Rabelo in Artigo.
trackback

É muito chão!Começa amanhã a viagem ao Oeste. Serão quase oito mil quilômetros de estrada.

A tradicional viagem ao Oeste começou. Pelo curto período de duração da jornada, o principal adversário não é mais o da quadra, mas o desgaste.

Denver, Colorado

Saindo de Indiana, são 1.717Km até Denver. Chegando lá, amanhã enfrentaremos o Nuggets (23-12), do brasileiro Nenê, de Carmelo Anthony e Chauncey Billups, meu armador favorito. É uma ótima equipe, que passou da água para o vinho após a chegada de Billups e é hoje um candidato forte a ir longe nos Playoffs.

A campanha do Denver no Pepsi Center é de 12-4. Será um desafio duríssimo para os hoosiers, com pouca probabilidade de vitória.

Phoenix, Arizona

Saindo do Colorado, mais 1.203Km rumo ao deserto. É a vez de enfrentar Shaq, Leandrinho e cia. O Suns (19-12) tem sido um dos melhores times da liga nos últimos anos, porém caiu um pouco da temporada passada para a atual. Apesar disso, tem muitos dos melhores jogadores da liga, como Steve Nash, Amare Stoudemire e Jason Richardson. É outro jogo que o Pacers não deve conseguir uma vitória, mas o Suns é um pouco irregular e o Pacers pode sim ter sorte e vencer.

Los Angeles, Califórnia

Agora são 662Km até a capital cinematográfica mundial. O Lakers (26-5) é o vice-líder geral, atrás apenas do Boston Celtics. O campeão do Oeste está fortíssimo nesta temporada e é, sem dúvidas, candidato ao título.

Em Indiana, o Pacers conseguiu vencer esse confronto com um buzzer beater. Mas um buzzer beater é mais um sinal de sorte do que de competência. Então, para vencer o Lakers, precisaremos de muita (muita) sorte.

Oakland, Califórnia

Sem sair da Califórnia, o avião voa 646Km rumo ao norte. Será o jogo menos difícil da viagem, enfrentando o Warriors (10-25). Dois dos melhores ataques da liga e duas das piores defesas da liga. No Conseco, o Pacers venceu, mas vencer em Oakland não é garantido. O Warriors tem jogadores de qualidade e no esporte atual não existe resultado garantido antes da bola subir.

Salt Lake City, Utah

Deixando o litoral, o time segue 1.224Km rumando o Leste. Chegando em Utah, pega o Jazz (19-15), que vem muito irregular nesta temporada graças à contusão de Carlos Boozer. Mesmo sem um dos principais pivôs da NBA, o Jazz ainda tem Deron Williams, um dos melhores armadores da NBA. Jogando em casa, a campanha do time é de 12-4. Pelo fator casa, o Jazz é favorito, mas surpresas podem acontecer.

Deixando Utah, são mais 2.436Km até Indy. É muito chão!

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: