jump to navigation

7-0 – Heat 103 x 114 Pacers 31/01/2009

Posted by Thiéres Rabelo in Pós-jogo.
trackback

Granger dá toco em Joel Anthony (Tom Strattman/ASSOCIATED PRESS)

O Pacers mostrou novamente a força de jogar em casa e também que é candidato sério a uma vaga na pós-temporada. Como a muito não se via, Indiana não teve dificuldades para vencer o Heat, o que para mim foi uma surpresa. A vantagem de 11 pontos foi a maior desde o dia 15 de Dezembro, quando venceu o lanterna do Leste Washington Wizards por 20 pontos. Em 2009, Indiana jogou em Indianápolis sete vezes e venceu todas.

Mike Dunleavy foi o cestinha do time com 30 pontos, acertando 55,5% de seus arremessos (10 de 18), alémde 6 rebotes, 5 assistências e 2 roubos. De longe sua melhor apresentação da temporada, mostrando que os hoosiers não são tão dependentes de Granger como se pensa. Este, por sua vez, anotou 19 pontos, mas com um aproveitamento de apenas 35,2% (6 de 17). Também com 19 pontos ficou Troy Murphy, além de pegar 12 rebotes, o único double-double da equipe. Jarret Jack, titular no lugar de T.J. Ford, fez 15 pontos. Do banco, Ford fez 12 pontos, mas jogou mais de 10 minutos a menos que Jack. Boa presença foi a de Maceo Baston, com 12 pontos e 7 rebotes.

Pelo lado de Miami, que nitidamente mostra-se extremamente dependente de Dwyane Wade, o cestinha foi o próprio. O ala marcou 24 pontos e pegou 7 rebotes. Mark Blount fez 17 pontos e pegou 8 rebotes vindo do banco. Com o único double-double do time, ficou o calouro Michael Beasley, com 11 pontos e 11 rebotes.

Continuando sua boa seqüência em casa, os hoosiers recebem neste Sábado o New York Knicks. Nem é preciso dizer o quanto essa vitória é indispensável. Se ela ocorrer, a equipe pode subir duas posições.

Na quadra

O primeiro tempo foi um massacre, particularmente o segundo quarto. Com parciais de 29 a 26 e de 37 a 23, os anfitriões foram para os vestiários com uma vantagem de 17 pontos. Até então, Dunleavy e Wade já começavam a se destacar, com 23 e 16 pontos respectivamente. Granger já somava 15.

Fugindo à regra, Indiana também ganhou o terceiro quarto. Com o placar de 27 a 24, a vantagem no total aumentou para 20 pontos. Foi nessa hora que os reservas, como Diener, Graham e Baston entraram em quadra e que as coisas quase desandaram. Com apenas três pontos nos últimos 4:21 minutos, o Heat chegou a diminuir para 11 seu déficit, mas já era muito tarde.

Ao todo, houve apenas uma mudança de liderança. Foi quando o Pacers perdia por 2 a 0 e fez 4 a 2 ainda no primeiro quarto. Como diria o companheiro Felipe Geyer, o jogo finalmente foi sem emoção.

Anúncios

Comentários»

1. FelipeGeyer - 31/01/2009

Aleluia sem emoção. hahhahaha. O Indiana se impos do início ao fim, fez exatamente o q o Orlando tinha feito conosco a pouco tempo atrás. Mesmo assim os jogos paralelos poderiam ter tido resultados melhores para o Pacers.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: