jump to navigation

Roy garante vitória do Blazers no lance livre – Pacers 105 x 107 Trail Blazers 05/03/2009

Posted by Thiéres Rabelo in Pós-jogo.
trackback
Roy tenta passar da marcação de Daniels, que poderia ser o herói de uma vitória dos hoosiers (Don Ryan - ASSOCIATED PRESS)

Roy tenta passar da marcação de Daniels, que poderia ser o herói de uma vitória dos hoosiers (Don Ryan - ASSOCIATED PRESS)


Ainda jogando sem Danny Granger, o Pacers foi ao extremo Oeste dos EUA para enfrentar o bom time do Portland Trail Blazers. Com lances livres a 1.7 segundos do fim, o Blazers garantiu a vitória, a terceira seguida (campanha de 38 vitórias e 22 derrotas). O Pacers cai uma posição com a derrota (campanha de 27 vitórias e 37 derrotas), mas ainda tem chances claras de alcançar a pós-temporada.

O cestinha de Indiana foi Marquis Daniels, com 28 pontos e 57,8% de acerto dos arremessos (11 em 19 tentativas), seguido de T.J. Ford, com 24 pontos e 8 assistências, e Jarret Jack com 17 pontos. Também com duplos-dígitos ficaram Roy Hibbert, com 10 pontos e Troy Murphy, com 11 e 13 rebotes, seu 39º duplo-duplo da temporada.

Por Portland, Brandon Roy anotou também 28 pontos. Travis Outlaw e Lamarcus Aldridge fizeram 21 pontos cada e Joel Przybilla fez o único duplo-duplo da equipe, com 10 pontos e 12 rebotes.

O Pacers fica de folga até sábado, quando vai à Califórnia enfrentar o Los Angeles Clippers, atual vice-lanterna do Oeste, com apenas 15 vitórias e 47 derrotas.

Na quadra

No primeiro quarto, vencido por Indiana por 26 a 20, os visitantes se impuseram. Após Portland fazer 2 a 0, Indy fez 12 pontos seguidos, sem respostas do adversário. Na metade derradeira do quarto os anfitriões equilibraram o embate, fazendo 14 a 10 nos últimos cinco minutos.

No início do segundo quarto, também vencido por Indiana, mas pelo placar de 33 a 32, o time do Leste fez cinco pontos rápidos e ampliou a vantagem pra 11. Voltando a equilibrar o jogo, o time local chegou a cortar tal vantagem para apenas dois. Ao fim, a diferença era de sete pontos a favor dos hoosiers.

Outlaw e Aldridge lideravam o Blazers, com 17 e 15 pontos respectivamente. No Pacers, Daniels, com 15, e Ford, com 13, eram os cestinhas.

Indiana também venceu o terceiro quarto, pelo placar de 27 a 26. Brandon Roy, sumido até então, fez 11 pontos no quarto e somava 15 no jogo. No Pacers, Jarret Jack, ex-Blazer, anotou 9 e também totalizava 15. Entrando no último quarto Indiana liderava por 86 a 78.

Mas com um show de Brandon Roy no último quarto, marcando 13 pontos, o Blazers chegou à vitória, vencendo o quarto por 29 a 19. Ao contrário do que aconteceu no primeiro quarto, o Pacers fez 2 a 0, mas sofreu 14 pontos seguidos, sem respostas.

Os últimos seis minutos do jogo foram apertados, com muitos empates e trocas de liderança. Contudo, com 40 segundos a jogar os mandantes lideravam por 105 a 101. Com a bola o Pacers tentou empatar o jogo no tudo ou nada. Daniels tentou de três, a bola não cai e Murphy garante o rebote. Bola para T.J. Ford para um novo chute de três, mas a bola novamente não cai e novamente o rebote fica com os hoosiers. Outra vez a bola vai para Ford em novo arremessos de três e a bola de novo não cai. Foster fica com o rebote e acha Daniel na zona morta. Este finta seu marcador e sofre a falta no ato do arremesso, tendo direito a três lances livres. O ala acerta duas das três tentativas.

Após pedido de tempo, o placar era 105 a 103 para Portland, com 12 segundos a jogar. Steve Blake sai para o que poderia ser a última posse de bola do jogo, mas Daniel bate sua carteira no meio da quadra e rapidamente enterra, empatando o jogo em 105.

No papel de líder do time, Brandon Roy recebe a bola para evitar a prorrogação. Marcado de perto por Ford, o all-star força a entrada e tem a passagem bloqueada pelo armador, indo ao chão. Vocês leitores me conhecem e sabem que eu não sou parcial em minhas análises. Mas não achei que o lance foi uma falta. Vi e revi o lance várias vezes e mantenho minha opinião.

Com toda a competência, Roy acertou os dois lances. A 1.7 segundos do fim, Jack não teve nada a fazer além de um desequilibrado arremesso, que não caiu.

Anúncios

Comentários»

1. Murilo Carnelosso de Jesus - 05/03/2009

Muito bom o relato do jogo!

Eu me surpreendi mais uma vez com o Pacers! Esperava uma derrota fácil, e só perdemos no último segundo…

Marquis Daniels evoluiu muito o nível de seu basquete! Aquele roubo pra empatar no final foi sensacional!!!

E a falta final eu também não achei falta! O cara entrou no meio de 3 jogadores, viu que não tinha o que fazer, e meio que se jogou!

MAS BOLA PRA FRENTE!!!

Estou virando fã de carteirinha do blog! Sempre leio tudo o que sai por aqui!

2. Thiéres Rabelo - 05/03/2009

Grande Murilo! Comentários como esse é que mantêm o Blog ativo. hehe

Muito obrigado, em nome de toda a equipe.

3. FelipeGeyer - 05/03/2009

foi jogão, tínhamos tudo pra ganhar mas não jogamos bem no último quarto.

4. Elvis Olivera - 06/03/2009

Pacers jogou muito bem..

5. Léo Barcellos - 06/03/2009

pensar no clippers agora gente…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: