jump to navigation

Jazz domina e vence a 12ª seguida – Jazz 112 x 100 Pacers 11/03/2009

Posted by Thiéres Rabelo in Pós-jogo.
trackback
Paul Millsap vai para a cesta contra a marcação de Murphy (AJ Mast - ASSOCIATED PRESS)

Paul Millsap vai para a cesta contra a marcação de Murphy (AJ Mast - ASSOCIATED PRESS)

Com último quarto arrasador, o Utah Jazz derrotou o Pacers ontem e manteve a bela seqüência de vitórias, somando agora 12 seguidas. O Pacers sofreu apenas sua terceira derrota em casa no ano de 2009, mas ainda tem chances de classificação à pós-temporada.

Ainda sem Granger, Indiana procurava apresentar o mesmo volume de jogo que vinha apresentando na ausência do all-star. No primeiro tempo destacou-se pelos hoosiers o pivô Troy Murphy, que apenas da linha de três somou 21 pontos (acertou sete dos nove arremessos de longa distância). Este porém não faria mais que dois pontos no segundo tempo, totalizando 23 no jogo. Ele ainda pegou 13 rebotes, o que compreendeu seu 11º double-double seguido, recorde absoluto do time.

Jarrett Jack, outro grande destaque da equipe na ausência de Granger, fez o oposto de Murphy. Nos primeiros 24 minutos ele não fez nenhum ponto. Retornando dos vestiários, ele fez 15 só no terceiro quarto e terminaria com 21.

Os outros destaques de Indiana foram T.J. Ford, com 21 pontos e nove assistências, Roy Hibbert, com 12 pontos, e Marquis Daniels, com 11 rebotes.

No Jazz, o cestinha foi o pivô turco Mehmet Okur, com “apenas” 24 pontos (lembram que ele fez 43 em janeiro?). Vindo do banco, o jovem Paul Millsap anotou 22 pontos e pegou nove rebotes. Ronnie Brewer fez 18 pontos e Deron Williams distribuiu 12 assistências.

Ainda com 16 jogos restantes, o Pacers se encontra em situação complicada. São necessárias no mínimo dez vitórias para ficar entre os oito primeiros. Fato que pode contribuir para alcançar tal marca é o de que dez desses dezesseis jogos são em casa, onde o time tem a campanha de 13-3 desde o início de janeiro.

O próximo compromisso do time é na sexta-feira, onde viaja até a Geórgia para encarar o Atlanta Hawks, adversário de conferência. Uma vitória nesse confronto teria valor ainda maior, pois a campanha dentro de conferência é critério de desempate na classificação.

A boa notícia é que Danny Granger pode finalmente voltar às quadras pela primeira vez desde 18 de fevereiro.

Na quadra

O primeiro tempo teve dois momentos distintos. No primeiro quarto, Utah faz 29 a 22 com boa parte de seus titulares jogando praticamente os 12 minutos. Com o início do segundo período, os visitantes continuaram a controlar as ações da partida, abrindo 12 pontos de vantagem. Jerry Sloan então pôs em quadra um quinteto formado apenas por resenrvas. Este não foi capaz de segurar os donos da casa, que com quatro cestas de três de Murphy, virou o jogo em 45 a 44, obrigando Sloan a pedir tempo. De volta com os titulares, o Jazz assumiu novamente o controle e terminou o primeiro tempo com a vantagem de 54 a 48.

Voltando dos vestiários, o Pacers manteve o bom desempenho e derrotou Utah por 32 a 28, incluindo uma seqüência de 9 a 0 nos primeiros minutos. O grande destaque foi Jarrett Jack, com 15 pontos.  Ao fim do período o jogo se encontrava totalmente aberto, com o Jazz vencendo por 82 a 80.

Mas Utah mostrou no último quarto o porquê de sua grande seqüência de resultados positivos. Vencendo por 30 a 20 com grande defesa, o time do oeste garantiu nova vitória. Nos últimos cinco minutos, os visitantes fizeram 15 a 6.

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: