jump to navigation

Opinião – Time de campeões 29/06/2009

Posted by Thiéres Rabelo in Artigo.
trackback

DibujoDepois de ficar um ano fora do Draft (2007) devido a uma troca com o Hawks um ano antes, o Pacers voltou à loteria do Draft (o que não é algo de se orgulhar muito) indo na contra-mão das tendências atuais.

No ano passado, sete das 14 primeiras escolhas do Draft, ou seja, as da loteria, foram jogadores que haviam jogado apenas um ano na NCAA. A esta categoria dá-se o nome de freshmen. Desde que jogadores como Kevin Garnett, Kobe Bryant e LeBron James, que entraram na liga direto do ensino médio, experimentaram sucesso absoluto na liga mesmo sem ir a uma Universidade, os jogadores com menos de 20 anos têm sido os grandes alvos do Draft.

0319_large

Rush na capa da maior revista esportiva dos EUA, às vésperas do March Madness

Contudo, Larry Bird e a diretoria do Pacers não seguem esse padrão. Talvez por necessidade, pois nesses dois anos o Pacers não passou da 11ª escolha, mas há algo em comum entre as últimas escolhas da franquia nos recrutamentos.

Em 2008, o escolhido, na 11ª escolha, foi o armador Jerryd Bayless, freshman de apenas 19 anos. Porém, na mesma noite do recrutamento, Bayless foi trocado com o Portland Trail Blazers, em troca de Brandon Rush, três anos mais velho e que havia sido campeão da NCAA meses antes. Rush teve problemas ofensivamente para se adequar à NBA, mas mostrou capacidade para ser um dos melhores marcadores do time. Já no fim da temporada, seu arsenal ofensivo veio à tona e ele substituiu Dunleavy e Daniels à altura.

No mesmo ano, também através de uma troca, o Pacers adquiriu o pivô Roy Hibbert, de 21 anos e em seu último ano na faculdade. Hibbert foi o oposto de Rush: teve um desempenho ofensivo que agradou, mas um desempenho defensivo de causar vergonha em quem assiste. Seu maior problema, assim como o de todos os pivôs calouros, foi cometer muitas e desnecessárias faltas. Seu físico também deixou a desejar, mas tudo isso é consertado com o tempo, ainda mais por ser um pivô.

Hansbrough celebra o título de North Carolina

Hansbrough celebra o título de North Carolina

Neste ano, Bird repetiu a dose, com a seleção de Tyler Hansbrough, de 23 anos e em seu último ano da faculdade. Ele ainda é muito contestado e tem que provar em quadra que é capaz de jogar com “gente grande”. Assim como Rush, Hansbrough acaba de ser campeão nacional com sua universidade. Ao contrário de Rush, ele tem uma extensa lista de premiações ao longo dos quatro anos de sua carreira universitária, o que fazem dele um dos mais célebres atletas que já passaram pela NCAA.

Como tudo que Bird fez desde que assumiu a presidência de operações do clube deu certo – vide a troca de O’neal, tenho total confiança em embas as escolhas que fez nos dois últimos Drafts. O talento de Rush e Hansbrough não é pequeno. Afinal, eles não foram campeões nacionais à toa. E Bird… bom, Bird é Bird.

E você? O que pensa sobre a situação do time? Opine também, através dos comentários. A sua participação é escencial para o Pacers Brasil.

Anúncios

Comentários»

1. Murilo Carnelosso de Jesus - 29/06/2009

Eu vejo o time com potencial pra, pelo menos, chegar aos playoffs!

Temos dois bons armadores (Jack e Ford), o Rush é um cara que ainda vai evoluir muito, e será o cara da posição 2! De ala, temos Danny Granger, o MIP, então estamos muito bem servidos, tirando Q6, que ainda pode voltar (seria essencial ele voltar, lógico que por menos dinheiro), e o Dunleavy, que deve aparecer só na 2ª metade da temporada, mas se voltar zero bala, já começamos a ter um ELENCO!
Depois, temos Murphy e Hibbert de pivôs, o primeiro muito bem, na melhor fase da carreira, e outro com muito potencial!
E temos que ver o Hansbrough, se conseguirá ser ala-pivô, ou terá que ser recuado uma posição…

Mas com este time, dá pra fazermos playoffs! Mais do que isso, seria pedir demais, pelo menos por enquanto, mas voltar aos playoffs já seria um alívio para a franquia e para os torcedores!

2. FelipeGeyer - 29/06/2009

Dunleavy provavelmente na segunda metade da temporada?

3. Thiéres Rabelo - 29/06/2009

Não teve uma previsão certinha, mas eu presumo que seja mais ou menos por aí. Mas acho que o Rush dá conta da titularidade e ainda torço pra renovação do Q6.

4. CLAUDEMIR FERREIRA - 29/06/2009

esse anoo vaai !!

5. Flávio de Aquino - 30/06/2009

O Pacers tem tudo pra ir pros playoffs. Esse Hansbrough vai calar a boca de muita gente.
Espero.
uheueh

6. tiagoxed - 30/06/2009

bom, essa historia de ele ter q jogar na posicao 3 nao me agrada muito, pois alem de se adaptar a NBA ele vai ter q aprender a jogar em outra posicao. De qq maneira espero que seja rapida essa transicao. Quanto ao Daniels, eu nao gostava muito dele, era meia boca demais. Confio mais no desempenho do Rush do q dele. Espero mais do Hibbert esse ano, pra formar uma boa dupla com o Murphy. Vamos ver no q da essa temporada!

7. FelipeGeyer - 30/06/2009

A verdade é se jogarmos como jogmos no final da temporada passada concerteza iremos nos classificar.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: