jump to navigation

Tinsley liberado, seu salário não… 22/07/2009

Posted by Thiéres Rabelo in Notícias.
trackback

jamaal_tinsley_thugliest_1O Pacers anunciou nesta quarta-feira (22) a liberação do armador Jamaal Tinsley, quase um ano e meio depois de sua última partida pelo time.

Tinsley agora se tornará agente livre, podendo assinar um contrato com qualquer franquia, mas seu salário – US$ 7,2 milhões em 2010 e US$ 7,5 milhões em 2011 – ainda deve ser pago pelo Pacers.

A liberação do atleta mostra a desistência do time em tentar conseguir uma troca o envolvendo. O jogador e seu agente lutavam há meses por essa liberação, pois o armador vinha sendo impedido de atuar enquanto uma troca não aparecia.

– Isso finaliza um período muito difícil para ambas as partes envolvidas – falou Larry Bird – Estamos contentes por ter resolvido isso.

Raymond Brothers, agente de Tinsley, também comentou a liberação:

– Jamaal e eu agradecemos ao Pacers por trabalhar em uma solução para o problema. Jamaal e eu sentimos muito porque as coisas não deram certo (entre time e jogador). Nós desejamos ao Pacers muita sorte.

Tinsley, aos 31 anos, não joga pelo Pacers desde a temporada 2007-2008. Sua última partida foi em 5 de fevereiro do ano passado, quando sofreu uma lesão que o tirou do restante da temporada. Na offseason, Bird anunciou que Tinsley não entraria mais em quadra pelo Pacers na temporada seguinte e que procurava uma troca o envolvendo. No entanto, não houve interesse, principalmente por causa de seu alto salário.

Em suas sete temporadas como profissional (todas como um pacer), Tinsley se envolveu em muitos problemas extra-quadra, entre eles, ser o alvo de um tiroteio em 2007 na porta de uma casa de shows em Indianápolis. Tais problemas foram determinantes para seu afastamento.

charge

CHARGE: "Ufa! Finalmente o deixei limpo" - Larry Bird, sobre o vestiário do Pacers

Anúncios

Comentários»

1. Flávio de Aquino - 23/07/2009

asuhuhsua
Muito boa a charge.

Não entendi direito essa dispensa, o Pacers ainda terá de pagar o salário até o fim do contrato, em 2011?

2. Thiéres Rabelo - 23/07/2009

O contrato do Tinsley, assinado em 2005, é chamado “garantido”, com duração até 2011. Na NBA, não existe quebra de contrato. As opções do Pacers eram:

– trocar Tinsley por um contrato de mesmo valor, mas de duração menor, mas ninguém aceitou alguma troca;
– fazer a compra do contrato dele (buyout), onde eles pagariam os US$ 14,7 milhões que ele ainda tem direito a receber e ele estaria liberado. Mas o time não tem dinheiro para isso;
– liberá-lo (waive) para jogar em qualquer time, mas isso não tira o compromisso contratual de pagá-lo.

A diferença do buyout para o waive é que no primeiro você paga “à vista” e no segundo, “parcelado”.

3. thales - 23/07/2009

mesmo com ele assinando com otro time teremos de continuar pagando o salario dele?? Intao ql a vantagem de dispensa-lo?

4. Murilo Carnelosso de Jesus - 23/07/2009

É, ele ainda será uma despesa (e grande) para nós, mas pelo menos ele vai continuar a carreira dele, bem longe do Pacers…

5. Thiéres "Tio" - 23/07/2009

Thales, assim ele vai poder jogar, ao invés de ficar parado. Coloque-se no lugar dele para entender hehehe

6. Hugle - 24/07/2009

Já vai tarde e não fará falta. Que ele tenha sucesso em outro lugar.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: