jump to navigation

PLAYOFFS WNBA – Indiana bate Mystics e vai às finais do Leste 20/09/2009

Posted by Thiéres Rabelo in Notícias.
trackback

Dibujo
Texto de Adriano Albuquerque, do website BasketBrasil

O Indiana Fever sofreu, mas derrotou o Washington Mystics em casa neste sábado (19/9), na prorrogação, por 81 a 74, para se classificar às finais da Conferência Leste da WNBA. O Fever venceu sua série de playoffs por 2 a 0 e encara o atual campeão, Detroit Shock, na decisão de conferência, a partir de quarta-feira (23/9).

Lutando por sua vida na competição, o Washington Mystics jogou com vontade no Conseco Fieldhouse de Indianápolis, e manteve uma vantagem de nove pontos até faltarem 9min03s para o fim, 60 a 51. Liderado pela lateral Tamika Catchings, o Fever reagiu, fez nove pontos consecutivos e empatou em 60, mas não conseguia virar o placar. O Mystics abriu quatro pontos de vantagem a 39,7s do fim, após um lance livre da armadora Alana Beard, mas Catchings achou a pivô Tammy Sutton-Brown para descontar com uma bandeja, depois buscou um rebote defensivo, recebeu falta e empatou tudo em 69 pontos ao acertar ambos os lances livres. Beard ainda teve 2,6s para tentar um último arremesso, mas errou.

O equilíbrio continuou na prorrogação e a igualdade permaneceu até faltarem 1min18s para o final, quando Sutton-Brown recebeu passe da armadora australiana Tully Bevilaqua e fez uma bandeja, 76 a 74. A partir daí, só deu Fever, que marcou mais cinco pontos em lances livres e selou sua vitória.

Catchings teve uma atuação incrível, com 24 pontos, 16 rebotes, 5 assistências, 4 roubos e 4 tocos. Mesmo assim, ela não esqueceu de dar crédito a Bevilaqua, que marcou seis de seus 13 pontos na prorrogação e ainda buscou 7 rebotes na partida. “Eu a chamo de ‘Mighty Mouse’ (antigo desenho animado que estrelava um rato com superpoderes). Lindsey Harding tinha cinco faltas. Queríamos tirá-la do jogo. Não conseguimos, mas Tully a atacou e tirou um pouco de sua produção ofensiva”, disse Catchings. Além delas, Sutton-Brown produziu 16 pontos, 9 rebotes e 4 tocos, e Katie Douglas marcou 13 pontos e 5 assistências.

Pelo Mystics, Crystal Langhorne marcou 15 pontos e 10 rebotes, enquanto Harding e beard tiveram 10 pontos cada. A ala Monique Currie teve 8 pontos, 14 rebotes e 4 roubos. “Indiana conseguiu algumas cestas muito fáceis no garrafão no último período, e isso as ajudou a ganhar momento. Indiana é um time veterano, e elas conseguiram capitalizar em cima dos nossos erros”, lamentou Currie. O Washington terminou o ano sem derrotar o Indiana em seis partidas.

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: