jump to navigation

Analisando o Leste 21/09/2009

Posted by Thiéres Rabelo in Artigo.
trackback

2995

Na última temporada, o Pacers ficou a três jogos da última vaga na pós-temporada, que ficou para o então decadente Detroit Pistons. Na offseason, Larry Bird assinou bons contratos, como Dahntay Jones e Earl Watson, fortalecendo sensivelmente a equipe. Porém, essas contratações seriam o bastante para Indiana finalmente voltar a figurar entre os oito melhores times da costa leste?

Não faço tal questionamento baseado nas contratações de Bird – pelo contrário, foram muito boas. Baseo o questionamento nas contratações que fizeram os outros times da conferência leste. Das oito equipes que foram aos Playoffs em maio deste ano, cinco delas fizeram adições sensacionais (mais adiante as mostrarei). Dessas cinco equipes, quatro estão no TOP 4 da conferência, sendo detroit a exceção (8º colocado), ou seja, quem era forte no leste, ficou ainda mais forte!

Das sete equipes que foram para a Loteria do Draft, quatro delas (incluindo Indiana) fizeram boas ou ótimas aquisições, com destaque para Toronto, que se torna um candidato forte a uma vaga entre os oito melhores.

Vamos analisar as principais contratações da conferência leste:

Time: Cleveland Cavaliers
Colocação em 2009: 1º lugar
Principais contratações: Shaquille O’neal (do Suns); Anthony Parker (do Raptors); Jamario Moon (do Heat)
Ganho: reforçou o setor mais fraco da equipe, o garrafão, com a contratação de Shaq, e mantém-se como franco favorito aos títulos da conferência e da liga. Além de ter um garrafão respeitável, LeBron James agora não tem mais que carregar o time sozinho.

Time: Orlando Magic
Colocação em 2009: 3º lugar
Principais contratações: Vince Carter (do Nets); Brandon Bass (do Mavericks); Matt Barnes (do Suns); Marcin Gortat (renovou)
Ganho: com Carter e Jameer Nelson, Orlando tem um dos quintetos titulares mais fortes da liga. Ainda acredito muito na evolução de Gortat.

Time: Boston Celtics
Colocação em 2009: 2º lugar
Principais contratações: Rasheed Wallace (do Pistons); Marquis Daniels (do Pacers); Glenn Davis (renovou)
Ganho: um time que tem Garnett, Pierce, Allen, Rondo e Sheed como titulares e Daniels no banco dispensa qualquer análise. Outro grande favorito ao título.

Time: Atlanta Hawks
Colocação em 2009: 4º lugar
Principais contratações: Jamaal Crawford (do Warriors); Joe Smith (do Cavaliers); Mike Bibby e Marvin Williams (renovaram)
Ganho: Atlanta continua forte. Joe Smith e Crawford são excelentes aquisições, que impedirão a queda de rendimento do time quando Joe Johnson e Marvin Williams não estiverem em quadra

Time: Detroit Pistons
Colocação em 2009: 8º lugar
Principais contratações: Ben Gordon (do Bulls); Charlie Villanueva (do Bucks); Ben Wallace (do Suns); Chris Wilcox (do Knicks); saída de Iverson (para o Grizzlies)
Ganho: acima de qualquer coisa, o Pistons conseguiu não apenas se reforçar, mas enfraquecer dois adversários de Divisão Central. A saída de Sheed não surtirá tanto efeito, graças à chegada de três novos pivôs de qualidade

Time: Toronto Raptors
Colocação em 2009: 13º lugar
Principais contratações: Hedo Turkoglu (do Magic); Jarrett Jack (do Pacers); Marco Belinelli (do Warriors); Devean George (do Mavericks); Antoine Wright (do Mavericks); Rasho Nesterovic (do Pacers)
Ganho: para mim, o melhor trabalho até o momento. Reforçaram todas as posições, tendo agora um quinteto titular muito forte. Acredito muito no potencial de Belinelli

Time: New Jersey Nets
Colocação em 2009: 12º lugar
Principais contratações: Courtney Lee, Rafer Alston e Tony Battie (do Magic); Terrence Williams (Draft)
Ganho: o time é muito jovem e tem um grande potencial, especificamente em Courtney Lee, Brook Lopez e Chris Douglas-Roberts, além de Devin Harris, que já é realidade. Acho o Pacers melhor, mas todo cuidado é pouco

Time: Washington Wizards
Colocação em 2009: 15º lugar
Principais contratações: Mike Miller e Randy Foye (do Timberwolves); Fabricio Oberto (do Pistons); o retorno de Gilbert Arenas
Ganho: o segredo é Arenas. Sua saúde, somada e Caron Butler e Antawn Jamison, torna o Wizards um candidato a Playoffs

Chicago, Philadelphia e Miami, que também estiveram na pós-temporada no ano passado, continuam fortes, apesar de não terem feito contratações chamativas. É difícil imaginar Cleveland, Boston, Orlando, Atlanta, Detroit e Toronto fora do grupo dos oito. Restariam, então, duas vagas, disputadas por Pacers, Bulls, 76ers, Heat, Wizards e Nets.

O Pacers fez contratações que farão muita diferença e tem claras chances de ter sucesso. Jim O’Brien já está a dois anos à frente do time, período de tempo onde reformulou por completo o time, conhecendo-o muito bem. Porém, não será nada fácil. Nem um pouco.

O que você pensa?

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: