jump to navigation

Replays dão a vitória a Indiana – Pacers 114 x 113 Wizards 13/12/2009

Posted by gustavomiller in Pós-jogo.
trackback

Earl Watson cumprimenta Dunleavy pelo seu buzzer-beater no primeiro quarto.

Em um jogo de altos e baixos de ambas as equipes, e muito confuso no final, o Indiana Pacers saiu vencedor após dois lances livres convertidos por Dunleavy.

Falando dos lances livres, eles ganham sim jogo, como sempre dizem alguns, embora sempre contestados. Apenas nos seis segundos finais pode se perceber esse fato. Aonde Arenas errou 2 e Dunleavy converteu os seus. E se olharmos para todo o jogo veremos mais ainda a importância deles. Indiana só errou 2 durante todo o jogo, convertendo 28, sendo um dos erros proposital em busca de um rebote ofensivo nos segundos finais. Enquanto isso, o time da capital errou 8 e teve aproveitamento de apenas 65%.

A Partida

Depois de ficarem quase dois minutos sem marcar, os ataques de ambas as equipes se acertaram e a pontuação foi alta para os dois times no primeiro quarto. Quando abriu 6 pontos de frente, com 18 x12, o time mandante manteve esta vantagem ou um pouco mais por praticamente todo o quarto, até faltarem cerca de um minuto, quando com duas bolas de três de Dunleavy e uma de Watson, os Pacers reduziram a diferença para dois. 38×36. Mike marcou 11 pontos só no primeiro quarto, convertendo inclusive um arremesso do meio da quadra nos segundos finais, mas Butler tinha 12 e Jamison 13.

No segundo quarto a defesa do Pacers foi mais agressiva, e somando-se a queda de produção de Washington e a continuidade do bom ataque de indiana, a equipe conseguiu abrir boa frente para o intervalo de jogo. Após empatar em 40×40 com apenas dois minutos de quarto, os hoosiers passaram a frente no placar para não perderem mais a liderança até o final do quarto. Foram incríveis nove minutos e apenas 6 pontos sofridos, de 9:31 até 0:31 do quarto, sendo 3 destes pontos de lances livres. Aproveitando este momento o Pacers conseguiu abrir a sua vantagem e terminou o quarto com 65×50. Murphy foi o grande destaque do quarto anotando 14 pontos e chegando a 18 apenas no intervalo de partida.

Se no primeiro e no segundo quarto o ataque funcionou bem, isso não se repetiu no começo do terceiro quarto. A equipe só veio pontuar depois de quatro minutos de jogo, e após estar perdendo o quarto por 8×0. Mesmo assim a diferença ainda era boa, mas ela foi diminuindo até chegar a apenas três pontos na metade do quarto. E faltando três minutos Washington finalmente conseguiu empatar o jogo, em 81×81, voltando de uma diferença que chegou a estar em 17 pontos. Logo depois o Wizards perdeu a chance de assumir a ponta com Jamison errando dois lances livres. Mas a liderança veio logo depois, após a equipe pegar dois rebotes ofensivos e Arenas conseguir a cesta e a falta. 84×83. Nos últimos momentos do quarto as equipes trocaram ataques bem sucedidos e o placar terminou 90×87 para o time da casa. Com 11 pontos do Jamison e 12 do Arenas o Wizards se recuperou e assumiu a ponta, enquanto Murphy fez mais 10 e chegou a 28. Mais uma vez a defesa Pacer sofria 38 pontos no quarto.

O quarto decisivo começou quente. Mesmo após a defesa ficar olhando o baixinho Boykins fazer uma bandeja, Tyler deu uma linda enterrada e Dunleavy converteu a bola de três empatando o jogo e obrigando o tempo do time mandante. Mas a equipe da capital americana voltou a ter a vantagem após mais duas infiltrações de Boykins e uma bola de três de Young. A partir de pouco antes da metade do quarto, o jogo entrou em uma parte feia. Muitos tournouvers e arremessos errados, aonde Indiana chegou a ficar numa seqüência de 1 convertido em 15 tentados. Mas o ataque do Wizards também não funcionava muito bem e o jogo seguiu equilibrado. Nessa seqüência aconteceram também duas contusões, Dahntay Jones e Caron Butler que tiveram de sair. Faltando 2:50 para o fim do jogo, o link de transmissão nos deixou na mão e parou de funcionar. Naquele momento o placar apontava 107×103 para o time da casa.

A diferença chegou a ser de 6 pontos faltando pouco mais de um minuto, o que me faria apenas acompanhar pelo boxscore os acontecimentos finais do jogo. Mas devido a toda confusão que aconteceu fui obrigado a esperar os vídeos para realmente entender o acontecido. E o acontecido foi: faltando 1:14 tyler arremessou para 2 pontos trazendo a diferença para 4. Após os 24 segundos de posse de bola,  Arenas converteu o arremesso que chegou a ser considerado válido. Mas após a revisão dos árbitros na TV, foi constatado que o tempo de posse de bola limite havia passado e então era um shoot-clock violation. Em apenas 4 segundos Tyler enterrou e diminui a diferença para 2, mas Boykins quase no estouro do tempo de posse de bola converteu o arremesso e colocou o Pacers em situação delicada. 4 pontos atrás e com 22 segundos restando. Tyler sofreu falta faltando 13 segundos, converteu o primeiro lance livre, e errou de propósito o segundo em busca de um rebote ofensivo. E deu certo, pois na disputa pelo rebote Mike Dunleavy sofreu outra falta. Ele acertou os dois e a equipe ficou um ponto atrás faltando 13 segundos. A falta demorou a acontecer, e Arenas tinha dois tiros livres com apenas 6 segundos no relógio e Indiana sem tempo para pedir. Mas o grande astro, que voltou a anotar um triplo-duplo após 5 anos, errou ambos arremessos e Ford pegou o rebote e saindo em disparada para um arremesso que daria a vitória em tempo. O arremesso ocorreu dentro do tempo, mas não foi bom, e a bola foi empurrada para fora da quadra por Haywood com o cronômetro zerado. Mais uma vez o replay ajudou o Pacers e mostrou que ainda faltavam 0.5 segundos. A solução era uma ponte aérea, que veio para Dunleavy que sofreu falta mas com o relógio zerado. E a “santa” regra do replay entrou em ação mais uma vez e mostrou que ainda se tinha 0.1 segundo de jogo. Mike com extrema frieza foi debaixo de muitas vaias para dois lances livres, converteu ambos e sacramentou a vitória Pacer.

A maratona de jogos para o Pacers continua nesta segunda-feira conta o Magic, em Orlando. Ao todo foram e serão 11 jogos em 16 dias. Esperar uma vitória é muito difícil, mas para quem perdia por 6 com 1 minuto, por 4 com apenas 22 segundos, tudo é possível.

Destaques Individuais

INDIANA PACERS
Positivos
– Troy Murphy – Foram 28 pontos, seu season-high. Ainda pegou 12 rebotes e roubou 4 bolas. Finalmente uma grande atuação de Troy. De negativo, só sua participação no último quarto onde não pontuou.
– Mike Dunleavy – Anotou 24 pontos em apenas 26 minutos, 4 bolas de três sendo uma do meio da quadra. Já seria uma grande atuação. Mais ainda teve a coroação ao converter com muita calma os dois lances livres e dar a vitória ao Pacers.
– Tyler e Watson também apareceram bem no jogo. Tyler, mesmo rookie, chamou a responsabilidade no último quarto onde anotou 13 dos seus 19 pontos. Já Watson distribuiu muito bem a bola. Foram passe para ponte aéreas, para bolas de três e outros lances. Totalizou 10 assistências.

Negativos
– Roy Hibbert – Não conseguiu repetir a atuação da noite passada. Fez apenas 4 pontos, tendo 1 de 9 nos arremessos
– Dahntay Jones – Melhorou um pouco em relação a noite passada, mas teve 3 de 12 nos arremessos, anotando 12 pontos.

WASHINGTON WIZARDS
Positivos
– Gilbert Arenas – Uma atuação brilhante. Fez tudo na quadra. Mas acabou levando a culpa pela derrota ao errar dois lances livres faltando 6 segundo de jogo. O triplo-duplo veio com 22 pontos, 10 rebotes e 11 assistências.
– Antawn Jamison – Praticamente não saiu de quadra atuando durante 45 minutos. Foram 31 pontos do cestinha da partida, com 13 de 18 nos arremessos.
– Caron Butler – Ele que possui grandes médias contra o Pacers mais uma vez não desapontou. Apareceu bem e fez 23 pontos.

Negativos
– Brendan Haywood – Em 35 minutos fez apenas 6 pontos.
– Deshawn Stevenson – Também muito apagado. 2 pontos e 4 rebotes.

Melhores momentos

Anúncios

Comentários»

1. tiagoxed - 13/12/2009

Bom comentario sobre o jogo gustavo!! o tyler ta mto bem! pra cima deles Psycho T! se alguem tiver o video das jogadas do tyler nesse jogo mandae!

2. gustavomiller - 13/12/2009

Vlw, tiago. O site da Nba nao tem nem os melhores momentos do jogo todo ainda. Acho q até eles ficaram doidoes com a confusao. so tem do primeiro tempo, onde o Tyler nao apareceu muito.

Agora sobre o Murphy, bem q eu falei- rsrsrsrsrsrs
serio, eu quero ele fora, acho q a equipe melhorara, mas falei ontem no pos do jogo de ontem.Sem o granger ele eh importantissimo pro nosso ataque. Dito e feito. 28 pontos

Tyler jogou muito o ultimo quarto. Arremessou do perimetro, enterrou para cima dos caras..ele tem muito futuro…

unico video que achei até agora foi esse da bola de tres do dunleavy. vou durmir. amnha atualizo se tiver mais videos

3. Thiéres Rabelo - 13/12/2009

Ótimo relato, Gustavo!

E o Ford apareceu muito bem naquele contra-atque final, usando sua velocidade! Pode-se, também, atribuir a vitória a esse esforço particular dele. Parabéns, Ford!

Não vi o jogo, mas dá para notar que a saída de Granger estimulou um esforço coletivo muito bom. Por exemplo, Hibbert foi bem nos rebotes, mas mal no ataque; Hansbrough, então, fez bem o papel de pontuação no garrafão. Outro: Watson não pontuou bem, mas deu muitas assistências, ao passo que Ford não deu assistências, mas pontuou bem, pegou alguns rebotes e roubou bolas. Ou seja, cada jogador tem completado o jogo do outro. Isso é muito bom.

4. vi - 13/12/2009

jogo mais emocionante impossivel
e ainda tendo q ler no boxscore, haha

tyler e murphy jogaram mta bola
dunleavy entao, fez uma partida impecavel..

e como quando eu sempre eu posto, nao podia faltar meu xingamento ao rush..
pior eh o JOB q deixa ele 31 minutos em quadra. TRINTA E UM

ps. ford ja ta extrapolando tb

5. Murilo Carnelosso de Jesus - 14/12/2009

Foi um baita jogo mesmo! E como disse o Dunleavy, ainda bem que existe tecnologia! Os replays estavam do nosso lado!

Mas é muito legal ver o time se desdobrando pra cobrir a falta do Granger… E “historicamente” sempre foi assim, né? Sem o Granger, o Indiana tem um record acima de .500!

Se o pessoal jogasse desse jeito que está jogando quando o Granger está do lado, poderiamos dar muito mais trabalho!

6. Arquivo – temporada 2009-2010 « Indiana Pacers Brasil - 18/09/2010

[…] (22h 30min) Qua 09 – vs Portland (19h) Sex 11 – vs New Jersey (19h) Sãb 12 – @ Washington (19h) Seg 14 – @ Orlando (19h) Qua 16 – vs Charlotte (19h) Sex 18 – @ Memphis […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: