jump to navigation

Granger e Dunleavy levam o Pacers a mais uma grande virada – Suns 114 x 122 Pacers 14/01/2010

Posted by Marcus Vinícius in Pós-jogo.
trackback

Análise do jogo

Bom, como não consegui assistir o jogo, vou fazer um breve resumo.

O jogo começou marcando a estréia de Tyler Hansbrough no quinteto titular, mas o Pacers assim como no jogo anterior contra o Toronto Raptors não fez um grande primeiro tempo, muito mau ofensivamente, o time terminou o mesmo com apenas 33% dos arremessos convertidos e o time do Arizona se aproveitou e abriu uma vantagem de 24 pontos, ainda assim os hoosiers tiraram um pouco a diferença e foram para o intervalo com um déficit de dezesseis, 68 a 52.

No segundo tempo as coisas se inverteram, mais uma vez determinado o time de Indianápolis foi pra cima do time visitante e foi tirando a vantagem e no mesmo quarto toda a vantagem que o adversário tinha acabou, o terceiro quarto acabou empatado, 91 a 91.

No quarto decisivo Granger e Dunleavy deram show , com lindas cestas de todos os pontos da quadra, principalmente na linha dos três pontos, os dois conduziram o Pacers a segunda grande vitória consecutiva.

Destaques

Pacers
D. Granger: 33 pontos e 8 rebotes
M. Dunleavy: 30 pontos (9/14) e 3 rebotes
E. Watson: 14 pontos, 9 assistências, 4 rebotes e 2 tocos

Suns
A. Stoudemire: 21 pontos e 5 rebotes
S. Nash: 20 pontos, 9 assistências e 4 rebotes
G. Hill: 14 pontos e 6 rebotes

Anúncios

Comentários»

1. Murilo Carnelosso de Jesus - 14/01/2010

FANTÁSTICO!!!! FANTÁSTICO!!!!

Pacers é o time da virada!

Assisti a todas as partes do jogo que o link estava funcionando, e o 2º quarto do time foi muito bom, tanto ofensivamente, quanto defensivamente!

Dunleavy liderou o time no 3ºquarto, mandando bolas incríveis, e Granger começou a ir junto! E temos que lembrar que faltando mais de 11 minutos pra acabar o 3º QUARTO, Granger já tinha 4 faltas, mas se manteve no jogo, e não cometeu mais NENHUMA falta, e não afrouxou tanto a marcação!

A atuação do Watson também tem que ser lembrada. Ele sempre distribui muitas assistências. Rush não marcou nenhum ponto, mas deu 5 TOCOS!

E acho que foi muito bom termos limitado Stoudemire a 21 pontos. Eu tinha medo que ele passasse a marca dos 30, 40…

Bem que o time poderia manter as atuações dos 2º tempos dos 2 últimos jogos desde o começo em todos os jogos… Iria para os ‘offs fácil, fácil. Mas acho que é pedir muito…

2. Thiéres "Tio" Rabelo - 14/01/2010

Caramba, cara, é difícil descrever a felicidade que eu fiquei quando terminei de ler o título deste pós hahaha

Mano, incrível, incrível! Eu não pude ver sequer uma parte do jogo, mas antes de dormir, dei uma passada pelo boxscore para ver a situação e não foi nada animadora: 35 a 24 no primeiro quarto e, até então, 10 a 3 no segundo. Fui dormir pensando “contra Toronto também foi assim. Quem sabe uma virada?”, mas eu não acreditava muito.

Graças a Deus por essa vitória! Está mais do que provado que com o time completo, o Pacers é forte, mas tem que parar de ser leão dentro de casa e gatinho fora dela. Se não começar a vencer fora, de nada vai adiantar.

Obrigado, meu PACERS amado!

3. Marcus Vinícius - 14/01/2010

A vibração do ginásio e dos jogadores a cada cesta foi muito legal!

Fantástico mesmo!

4. Arquivo – temporada 2009-2010 « Indiana Pacers Brasil - 18/09/2010

[…] (20h) Sáb 09 – @ Oklahoma City (20h) Seg 11 – vs Toronto (19h) Qua 13 – vs Phoenix (19h) Sex 15 – @ New Jersey (20h) Sáb 16 – vs New Orleans (18h) Ter 19 – @ Miami […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: