jump to navigation

Griffin! Só deu ele! 17/01/2011

Posted by Marcus Vinícius in Pós-jogo.
trackback

Apesar da campanha do adversário estar negativa, o primo pobre de Los Angeles vem melhorando a cada jogo, após uma vitória sobre o seu maior rival na noite anterior, Clippers e Pacers se enfrentaram no dia de Martin Luther King.


Pacers iniciou a partida melhor, time atuando bem no ataque, de forma coletiva e uma defesa forte davam uma pequena vantagem a equipe de Indy, Blake Griffin teve um primeiro quarto brilhante e praticamente comandou sozinho a equipe da casa no primeiro quarto, Collison foi o grande destaque do Pacers com 17 pontos, mais da metade dos pontos do time. Pacers 31, Clippers 26.

O segundo quarto não mudou muita coisa, o camisa 32 de Los Angeles estava em uma tarde muito inspirada, era o jogador que não deixava o time do Pacers abrir no placar, ninguém conseguia pará-lo, eles tinham Griffin e nós tinhamos Collison e Granger, a dupla de Indy somava 39 dos 58 pontos da equipe, Indiana foi para o intervalo com apenas 3 pontos a frente.


Com uma marcação zona o time do Clippers começou o terceiro quarto surpreendendo o time do Pacers, que lutava para sair da marcação e quando saía, não aproveitava e desperdiçava a chance de encostar no placar, muitas das chances eram desperdiçadas por Mike Dunleavy que ao contrário de Griffin estava numa tarde péssima, aos poucos o time da Califórnia ia aumentando a vantagem e complicava a vida do Pacers.


Mas nos últimos minutos do quarto o time se recuperou bem, Posey entrou bem e colocou o Pacers de volta a partida e o que era para ser um desastre acabou sendo um lucro enorme para a equipe de Indianápolis que foi para o quarto decisivo com apenas um ponto atrás.


Muito equilibrio, esse foi o tom do quarto decisivo, os primeiros minutos foram tensos, bolas de três de ambos os lados e nenhum time deixava o outro se distanciar. Após o time-out oficial, os hoosiers voltaram dormindo e em poucos minutos o time da casa já abriria uma vantagem considerável. Griffin estava avassalador, era impossível parar a jovem estrela do time da casa. Pacers ainda tentou um esforço final mas não deu, com 47 pontos de Griffin fica difícil qualquer equipe vencer. Final de jogo, Pacers 107, Clippers 114.

Anúncios

Comentários»

1. Marcus Vinícius - 17/01/2011

Criticar o time que jeito? Impossível parar o garoto. Não é porque porque perdeu que eu não vou elogiar, DC e DG jogaram sozinhos

Ford, Dunleavy e principalmente JOB por favor sumam.

2. Hugle123 - 17/01/2011

Marcus assino embaixo de seu comentário penso do mesmo modo.

3. robertopa - 17/01/2011

O problema não é a derrota em si, mas é que eu acho que vocês como a maioria cansaram das derrotas em que bobiamos, não que essa tenha bobiado, mas cada derrota vai ter reclamação, o Pacers já sofre risco de sair de Indiana, não somos um time a nivel de playoff e se classificarmos vai ser pela fraca conferência, eu acho que temos uma boa base com jogadores promissores, mas varias coisas precisam ser mudadas….


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: